Pular para o conteúdo principal

“Que teia embaraçada nós tecemos”

O cara é um tremendo de um volúvel. Poderosamente volúvel! Não esquece nenhuma delas, muito menos ela.

Muito menos ELA!

Também pudera, não é mesmo?
Também pudera...

Ler suas velhas aventuras é como se olhar no próprio espelho. É como folhear o diário da sua própria – e turbulenta – vida. Uma vida cheia de altos e baixos, de barreiras... e de inimigos (piores que o Duende Verde e o Doc Ock juntos)...

Mas é uma vida repleta de muitas alegrias também.
Todas no passado.

E como é ruim viver de passado, não? É ruim à beça! É como se tudo viesse a empacar. Como se o futuro não oferecesse nada de melhor. Como se não houvesse mais nada pelo qual valesse a pena lutar.

Mas há coisas que valem, sim. A salvação eterna é a principal delas, claro. Mas no contexto “terreno” – ou, enquanto você estiver dando serão por aqui –, temos os sonhos, a honra, a família, os amigos... o amor da sua vida.
ELA!

E lá do passado ela retorna. Again.
Quer saber, velho chapa?...
Sacode a poeira do uniforme... e se balança nas teias de novo.

© Copyright Roberto Guedes

Agradecimentos especiais a Stan Lee, pelas histórias mais formidáveis de todos os tempos.

Comentários

Lucas disse…
Não canso de admirar sua capacidade de usar as HQs e a música (no caso aqui, "Again" de Lenny Kravitz) para compor esses seus enredos surrealistas, porém cheios de verdades.

Peter Parker é o personagem mais sofredor dos quadrinhos... igual a todos nós. Cada um em seu próprio mundo, sofrendo, remoendo o passado, e buscando a felicidade no presente, e para o futuro... sempre se espelhando no passado.
Outra nota mil pra você, Guedão!
Soraia disse…
Beto, já me apropriei do seu texto, rs... mas substituí o pronome "ELA" por "ELE". Afinal, tenho minhas próprias histórias passadas pra curtir também. rs
Obrigada, querido mestre!
Anônimo disse…
"Ele fez de novo"!!!! Intrepid one, você é MESMO o cara! Você precisa escrever o Aranha urgentemente!
Carlos
Wendell disse…
AMAZING!
Nuff Said!

"Quer saber, velho chapa?...
Sacode a poeira do uniforme... e se balança nas teias de novo."

Agradecimentos especiais a Roberto Guedes, pelos maravilhosos textos que tenho lido. (sempre no momento certo)

Abraços aracnídeos!

Wendell

P.S.: Como diria minha querida tia May, os Parker são muito fortes. Stan Lee é gênio!! Salvo engano, Amazing 18.
Wendell disse…
Carlos, li seu comentário e não pude resistir. Apoiado!!
Roteirista e/ou editor.

Roberto "Robbie" Guedes.hehehe
Anônimo disse…
Minhas namoradas não eram tão glamurosas como essas do Peter Parker, mas confesso que esse seu texto caiu como uma luva pra mim também, Guedão.

Sempre tem uma "dona" que é dona do nosso coração. Valeuz!
Ricardo
Roberto Guedes disse…
Amigos,

Que bom que vocês gostaram. Abraços a todos!
Anônimo disse…
Caro amigo Guedão
Não estou aqui para detonar ninguém, mas me esplique uma coisa:
Uniforme - deriva de "única forma", ou seja, todo mundo igual. Exemplo: uniforme do exército: todo mundo igual de verde-oliva, certo?
Agora... explica uma coisa: uniforme do super-man ou do bat-man... só eles usam... mais ninguém usa igual à eles... são ÚNICOS. Então como podem ser chamados de UNIFORMES.
Abraços do

Cesar
crazyseawolf disse…
Perfeito, Guedes, sem comentários, você é o cara!!!
Roberto Guedes disse…
Ah, Cidão... seu exagerado! rs

---

Cesão, como não? Superman, Supergirl, Superboy...

Batman, Batgirl, Batwoman...
(como é que eu faço pra colocar um emotion com língua de fora aqui? rs)
izely guedes disse…
Ter um primo assim é algo simplesmente ADMIRÁVEL!...
...e eu tenho!
Roberto Guedes disse…
Izely, querida... você que é admirável!
Anônimo disse…
Cara, que texto supimpa! Adoro o Homem-Aranha e suas histórias amorosas e com a turma da escola. Depois que ele casou perdi um pouco o interesse nas revistas. Mas acompanhei tudo até meados dos anos 80, quando ele ainda morava numa pensão que tinha como dona uma velha rabugenta. Aquelas histórias eram muito boas.

Ricardo