Pular para o conteúdo principal

6º Boletim Manifesto

Na base da velocidade (Hey! Isso me lembra uma história do Aranha que saiu pela Bloch), inicio ligeiro este mais novo boletim. Por isso, não vamos perder mais tempo com conversa fiada, que a hora da divulgação já começou!



O nº 26 do jornal Graphiq dedica matéria de quatro enormes páginas a ninguém menos que Jack “The King” Kirby, assinada pelo professor Waldomiro Vergueiro. E esta é apenas a primeira parte, que aborda o início de carreira do quadrinista até o final dos anos 1950, quando findou sua união profissional com Joe Simon. Completando a edição, as costumeiras – e divertidas – tiras de Latino, Yokota, Verde, Fraga entre outros, além da inteligente coluna de Gazy Andraus.
Para contato, mande um e-mail pro Latino.



Já o coquetel de lançamento do livro A Leitura dos Quadrinhos, de autoria do jornalista Paulo Ramos ocorrerá sábado, 7 de março, a partir das 19h30, na HQMix Livraria, Praça Roosevelt, 142, Centro de Sampa City. Paulo garante que o evento seguirá até a meia-noite. Por isso, não há desculpa, meu chapa: reúna os amigos e corra lá para conferir a obra e prestigiar o autor, pois ele merece.
Enquanto isso, José Salles continua com seu trabalho incansável (e louvável) em prol da difusão de novos e antigos talentos da Arte Seqüencial. Queiram ou não, seu selo Júpiter II já entrou definitivamente para a história dos Quadrinhos independentes no Brasil, devido ao leque variado de seus títulos, que ainda conta com bom acabamento gráfico e periodicidade regular. E o melhor: a preços módicos.


Da última fornada, destaco aqui Boca do Inferno.com 3, com histórias de horror moderno assinadas pelo próprio Salles, além de Laudo, Edu Manzano, Omar, Alves David e uma reprise das antigas de Gedeone Malagola.



E de estréia, temos a primeira (de duas partes) da minissérie Capitão Macnamara contra A Invasão Extraterrestre. Trata-se de uma divertida e imaginativa homenagem de Salles e Manzano aos fumetti (os quadrinhos italianos). No melhor estilo faroeste-fantástico, a HQ em questão mostra como os velhos e arcaicos caubóis têm de lidar com tecnologia avançada e o horror de outro mundo.
Para adquirir as publicações da Júpiter, é só bater um plá com o Salles.
Fico por aqui, intrepid one. E aguarde para a semana que vem, mais um boletim cheio de novidades e dicas.

© Copyright Roberto Guedes

Comentários

Anônimo disse…
O bom desse boletim é que ficamos a par das novidades independentes. Valeu!
Anônimo disse…
Guedes, obrigado pelo incentivo de sempre, aos gibis Júpiter II! Grande abs
José Salles