Pular para o conteúdo principal

Moderadamente inebriado

Sábado, 18 de dezembro: dia em que alguns grandes nomes da Cultura Pop aniversariam como Steven Spielberg, Brad Pitt e Keith Richards. De maneira alguma querendo adentrar de sola nesse seleto grupo, comemorei também, apropriadamente, a data de minha vinda a este mundo, cercado de familiares e amigos queridos.

Entre os vários e calorosos cumprimentos por e-mail, redes sociais e telefonemas que muito me emocionaram, recebi mimos generosos de todos os tipos, como camisas, calças e perfumes; passando por algumas bebidas finas, DVDs musicais e livros.

Por exemplo, meu descolado primão Claudio D’Alessandro trouxe uma garrafa de Sake Juan Daiti – o que, com certeza, vai gerar muitas caipirinhas deliciosas de Lima-da-Pérsia –, enquanto que o meu chapa e grande contrabaixista dos tempos de barulheira na garagem Kleber Stanquevisch me deu um Moscatel Rosé Presence (também chamado de “O Primeiro Champagne do Brasil”).

Terminando a tríade líquida desta postagem, meu compadre Leandro Ciasca, sommelier de primeira e uma das maiores autoridades brasileiras em vinho, não se fez de rogado, e, nessas, tive a felicidade de ganhar um legítimo português Paulo Laureano D.O.C. Alentejo, ótimo para acompanhar carnes e peixes. Recentemente, inclusive, tive a honra de conhecer pessoalmente o próprio Paulo, enólogo português de prestígio, em almoço em sua homenagem, realizado por Leandro na Área VIP da Vivano Grill, em São Caetano do Sul.

Já o meu querido amigo e colaborador do Almanaque Meteoro, Gérson Fasano, animado, quem sabe, pelos dois shows que assistiu do lendário Paul MacCartiney, jogou em minhas mãos de uma só vez dois petardos roqueiros em forma de vídeo: Hair of The Dog Live, do escocês Nazareth, e o documentário Stones in Exile, sobre um dos mais cultuados álbuns da maior banda do planeta Terra, The Rolling Stones!

Oh, yeah!
Por fim, meu outro primo, Marcio D’Alessandro, em uma de suas várias viagens pela América, não se esqueceu do simpatia aqui, e me presenteou com o colossal Marvel Visionaries: Stan Lee, um compêndio de mais de 300 páginas em cores, papel couché e capa dura, resgatando algumas das mais importantes histórias escritas pelo pai do Universo Marvel.

WOW!
Entre as pérolas: o primeiro texto em prosa de Lee feito nos anos 1940; a Trilogia das Drogas publicada originalmente no título Amazing Spider-Man; uma surreal aventura do Dr. Estranho feita em parceria com o britânico Barry Windsor Smith; e a saga de Thor, no traço de ninguém menos que Neal Adams. Completando a edição, prefácio de Roy “The Boy” Thomas – a pessoa mais apta a escrever sobre Lee.

Como dá pra perceber, intrepid one, não me vai faltar diversão para este final de 2010! Aproveito o ensejo para agradecer publicamente o carinho que todo mundo teve para comigo, não apenas nessa ocasião, mas ao longo deste ano inteiro: jornalistas, colunistas, lojistas, distribuidores, pessoal de gráfica, desenhistas, outros editores, e, claro os leitores que sempre acreditaram e apoiaram meu trabalho.

Muito obrigado!

© Copyright Roberto Guedes. Todos os direitos reservados.

Comentários

Meu irmão, desculpe-me, mas eu não sabia q vc estava aniversariando! Que Deus o mantenha entre nós, com este espírito geurreiro maravilhoso por long long time, Guedão!
E, pelo visto, este final de ano, entre um gole e outro, vc ainda vai poder curtir esta bela edição da Marvel! Que beleza! Na última sexta, finalmente consegui "fechar" o barraco e fugir pro litoral, onde estou agora.
Só voltamos no dia 15 de janeiro, com muito gás para continuar a luta! Curta a família, os amigos, recupere as energias, pois em 2011 temos muito o que fazer!
Um gde mano-amplexo, boas festas e um grandiosíssimo ano novo, cowboy!
Anônimo disse…
Guedes é muito bom quando espalhamos amizades durante nossa trajetória de vida.
O resultado é este sempre ser surpreendidos com mimos e manifestações de carinho e respeito.
Parabéns pela rede de amigos que angariou entre os quais me incluo. E também pelas belas lembranças que recebeu, fantásticas.
Abraço Edu
Wendell disse…
Tá bem, hein Guedão? (rs)

Nós, fãs de HQ's e belos textos, é que lhe agradecemos! Saiba que muitas vezes suas mensagens são fonte inspirado e de conexão com Ele.

Excelsior!

P.S.: Só uma ressalva. A maior banda do planeta Terra é o PINK FLOYD. :D

Brincadeira, meu velho! hehehe...
Carlo Lebotti disse…
O melhor de tudo que agora vem Natal !!! Presentes em dobro que tal !!! Parabéns mais uma vez Guedes pela sua fibra e persistência de atuar num mercado tão difícil como o é o de quadrinhos no Brasil.

Carlo Lebotti
Leandro Ciasca disse…
Onde está o NAZARETH na foto?
Roberto Guedes disse…
Leandro, eu bem que tentei, mas a capa do DVD do Naz é muito escura, e na foto ficaria apenas um borrão. Optei, portanto, por deixar de fora.
---
Lebotti, valeu pelas palavras!
---
Wendell, obrigado por mais essa participação. Olha, como o próprio Mick Jagger já disse "Faça da música que estiver ouvindo a sua preferida!" :)
---
Edu, my friend, fique à vontade para postar sempre, OK?
---
Tony, aproveite essas férias pra curtir a família, recarregar as baterias e voltar com tudo em 2011.

Abraços meteóricos a todos!
Anônimo disse…
Ótimos presentes, hein?
Gostei, claro, do Visionaires.
Tudo de bom meu chapa.
Parebéns novamente.
Andre Bufrem
Roberto Guedes disse…
Realmente o Visionaries do Stan é uma maravilha, Bufrem! Ah, brigadão pelas palavras! :)
Sandrão disse…
Guedes, estou em ritmo de festas de final de ano (confraternizações e nível alcoolico levemente alterado).
Então, perdoe o meu atraso em desejar muitas felicidades no seu aniversário e muita saúde e paz para você e sua família neste natal e em 2011.
Roberto Guedes disse…
Não tem do que se desculpar, Sandrão! Afinal, já dizia o velho sábio: "Antes tarde do que nunca" - mas vá devagar com os drinques, hein?

Ah, um abençoado Natal e feliz Ano Novo pra você e família também!
Gerson_Fasano disse…
Só presente "duca". O importante são as amizades que vamos fazendo ao longo da nossa vida, e das lembranças que eles tem de nós.

Ah sim, e o e-mail que te passei dos Stones era "cascata", só para saber sobre o dvd... eh eh eh eh
Roberto Guedes disse…
Você é mesmo um cascateiro, Gérson! (rs) Valeu, chapa!