Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

A superamiga do Homem-Aranha

Eu confesso! A razão maior deste artigo é que eu queria postar no Manifesto a bela arte promocional de John Romita - meu desenhista favorito - para Homem-Aranha e Seus Incríveis Amigos, série animada que estreou na televisão em 1981.

Reparou na semelhança com Mary Jane, aquela que se casaria com Peter Parker nos gibis? Pois é, a ideia é que a ruiva fosse a identidade secreta da heroína Heatwave (Onda de Calor), mas acabaram optando por transformá-la numa nova personagem: Angelica Jones.

O codinome heroico também mudou para Firestar - Estrela de Fogo na dublagem brasileira. Firestar agradou e acabou transportada para os quadrinhos. Primeiro na adaptação Spider-Man and His Amazing Friends (1981), para depois ser inserida definitivamente na continuidade do Universo Marvel, a partir de Uncanny X-Men 193 (1985).

De lá para cá ela integrou várias equipes, como Novos Guerreiros e Vingadores. Vale lembrar que nas revistas brasileiras ela é conhecida como Flama. Romitão divide os créditos de c…

Rockefeller: Política e Quadrinhos

Todos já ouviram falar da Família Rockefeller, uma das mais ricas do planeta, cujo raio de influência se estende de maneira globalizada em praticamente todas as áreas da atividade humana, mas principalmente na economia, na política e na imprensa.
O famoso clã bilionário americano começou sua dinastia com John Davidson Rockefeller (JDR), nascido em 1839, em Richford, estado de Nova York, descendente de imigrantes judeus oriundos da Alemanha.
Em 1870, JDR fundou a empresa petrolífera Standard Oil e, dizem, devido às suas ações predatórias – como corrupção, suborno e ameaças –, conseguiu transformá-la na Standard Oil Trust, o primeiro monopólio da economia mundial.
Para melhorar sua imagem, JDR criou diversas fundações filantrópicas e, a partir do século 20, seus descendentes fundaram o Chase Manhattan Bank, um dos quatro maiores bancos dos Estados Unidos.
Ambicioso e frio para os negócios, a personalidade de JDR e de outros especuladores americanos do século 19 (como Jay Gould e E.H.…

Você sabe quem é Dax, o Guerreiro?

Dax é um exótico personagem de HQs estilo "espada-e-feitiçaria" criado pelo espanhol Esteban Maroto, e que por aqui apareceu, a partir de 1976, nas páginas da saudosa revista Kripta da RGE.

Na Espanha ele era conhecido como Manly, mas o pessoal da editora americana Warren Publishing mudou seu nome ao iniciar a série no magazine Eerie, no comecinho dos anos 1970. O roteirista Budd Lewis se encarregou de adaptar/reescrever os textos.

Dax praticamente inaugurou as séries contínuas na Eerie, diferenciando de vez o perfil editorial desta em relação ao de sua publicação "irmã", Creepy, caracterizada por histórias fechadas. 

Atualmente, no Brasil, a editora Mythos se encarrega de reeditar o material da Eerie - como Cripta - em formato álbum, mas ainda está longe de chegar à fase de Dax e de outras séries. De qualquer maneira, fica a dica de leitura. 

* Via perfil do autor noFacebook- revisado e atualizado *

© Copyright Roberto Guedes. Todos os direitos reservados.

O Bem e o Mal no tabuleiro?

Você conhece a banda de rock progressivo Kansas? Provavelmente sim, pelos hits "Dust in the Wind" e "Carry on Wayward Son" (que sempre toca no final de cada temporada do seriado Supernatural). O conjunto também emplacou "Play the Game Tonight", sucesso de comercial do cigarro Hollywood, em 1982.

O clipe dessa música traz detalhes intrigantes que denotam escandalosa influência ocultista - o que só vem a corroborar com as várias denúncias de domínio Illuminati na indústria americana de entretenimento. A banda está posicionada sobre o que aparenta ser um tabuleiro de xadrez, que também representa o piso característico de uma loja maçônica. 
De fato, as imagens são intercaladas com a de duas figuras encapuzadas (ceifadores?) jogando xadrez. Ao manipularem as bizarras peças, inspiradas em personagens de O Senhor dos Anéis, visões de progresso humano e de guerras surgem, respectivamente, do interior dos capuzes dos jogadores branco e preto.
Para olhares leigos,…

Cuidado com as bombas!

Você já deve ter ouvido falar ou mesmo lido em algum lugar a respeito das teorias conspiratórias atribuídas aos Illuminati. De como “eles” governam o mundo nos bastidores por meio da economia, e até mesmo que os tais controlam a política, a imprensa, a música e o cinema – afetando diariamente a todos nós com seus bombardeios ideológicos, que só servem mesmo para confundir e desagregar as pessoas.
Então me lembrei de certa HQ, profética em muitos sentidos, chamada “A Bomba da Loucura” (Captain America 193 – 200).Trata-se de uma saga escrita e desenhada por Jack Kirby, em comemoração ao Bicentenário dos Estados Unidos, ocorrido em 04 de julho de 1976 – publicada no Brasil quase em simultaneidade pela Bloch Editores, entre as edições 14 e 19 do gibi nacional desse herói.
A trama gira em torno de uma sociedade secreta que pretende acabar com a democracia na América, levando a nação de volta aos tempos coloniais.O grupo subversivo se vale de um artefato tecnológico que emite "ondas diab…