Pular para o conteúdo principal

Gotham, uma série Illuminati?

CONSIDERAÇÕES SOBRE GOTHAM - episódio 11 - 2ª temporada [Contém SPOILERS].
Cena intrigante a desse capítulo, que mostra Jim Gordon sonhando com sua ex, a psicopata Barbara Kean. Enquanto Barbara segue em queda livre (lembrança do ocorrido em capítulo anterior) uma borboleta sai de sua boca.
Na antiga cultura grega, a borboleta representava tanto a psiquê quanto a alma do ser humano. O sonho poderia representar simbolicamente a morte de Barbara (a alma/borboleta saindo do seu corpo).
OK!
Mas Barbara também foi vítima de abusos físicos e psicológicos anteriormente e, por causa disso, o voo da borboleta também poderia significar a desfragmentação total de sua sanidade.
Isso remete ao tal Projeto MK-Ultra desenvolvido pela CIA, um tratamento de lavagem cerebral que mistura psicologia, ciência e rituais ocultistas, cujo símbolo é... justamente... a borboleta (da espécie monarca).
Como há muitas evidências de que Hollywood faz uso do MK-Ultra em celebridades, políticos e figuras de vulto, e que mensagens ocultistas pipocam em tudo quanto é produção (filmes, desenhos animados, clipes musicais etc), não seria absurdo imaginar que essa cena seja mais uma mensagem/recado da "Elite Global".
E não acaba aí! Em dado momento, o garoto Bruce Wayne, prestes a ser sacrificado num ritual da sociedade secreta "Ordem de São Dumas" (monges-guerreiros que remontam aos Templários), diz a Silver St. Cloud que seu animal preferido é a coruja.
Ora, sabemos que, no futuro, Bruce vai se inspirar no morcego ao criar seu alter ego Batman. Daí que, ao citar a coruja, pode tanto significar apenas uma ideia que o garoto começa a alimentar (a de se tornar um vigilante mascarado com adereços animais), mas também algo mais, como a sua filiação a uma Ordem rival... "do bem".
Explicando: Assim como a borboleta, a coruja também tem uma simbologia ocultista: é o símbolo da sabedoria e dos segredos, e serve de totem aos frequentadores do Bohemiam Grove - um acampamento privado de VIPS, localizado na Califórnia.
Esse pessoal é a própria Elite Global (comentada acima), também chamada extraoficialmente de... ILLUMINATI.
Se você pesquisar bem, em fontes boas, vai constatar que esses "iluminados" (a tal "Elite Global") não são do bem.
Só espero que os produtores do seriado estejam usando tais simbologias meramente como recursos criativos, ou até mesmo como denúncia... e não como forma de propagar a agenda podre dessa gente nefasta.
Que um personagem tão legal como Batman jamais faça parte de nenhum conciliábulo maligno... e que continue a ser um campeão do bem... mesmo sendo um Cavaleiro das Trevas.
© Copyright Roberto Guedes. Todos os direitos reservados.

Comentários

Me amarrei na sua coluna! Muito bom, e informativo, sucesso! Meus parabéns.
Roberto Guedes disse…
Obrigado, Rafael! Visite sempre. :)
Andre Mansim disse…
Roberto! Essa postagem me surpreendeu. Não tinha ideia da pessoa que você era e nem da cultura que tinha.
Muito bem escrito, pensado e pesquisado.

Parabéns meu amigo!
Andre Mansim disse…
Ah... Feliz natal! Desejo tudo de bom pra você nesse final de ano e que o próximo seja de muitas vitórias!

Roberto Guedes disse…
Agradeço as palavras, Andre. E que você e seus familiares tenham um Natal abençoado e um 2016 repleto de realizações e felicidade.

Abração!
ggalco disse…
Olá, Roberto, seu blog é excelente, um deleite para fãs de quadrinhos. Apenas uma opinião, o universo DC é cheio de referências e homenagens, então, a coruja pode ser uma sutil referência a Owlman, a personalidade distorcida de Bruce Wayne que faz parte da Crime Syndicate of America.
Roberto Guedes disse…
Bem lembrado! Quem sabe, não?