Pular para o conteúdo principal

Gibilândia 18 está repleto de super-heróis

Num momento de encolhimento do setor de histórias em quadrinhos em nosso país, com publicações cada vez mais caras, luxuosas e voltadas para um público restrito e abonado, as publicações do selo Guedes Manifesto mantêm o tradicional padrão gibi e periodicidade regular, com material atraente para a maioria dos leitores.

Assim, a primeira edição de 2022 do Gibilândia, apresenta HQs dos Estados Unidos, Inglaterra e Brasil, além de um artigo especialíssimo sobre o Homem-Aranha. Três aventuras que exploram, em seus roteiros, aspectos distintos do universo dos super-heróis, e com belíssimos desenhos.

MAS ATENÇÃO: a TIRAGEM é LIMITADA, então garanta imediatamente seu exemplar! Para isso, escreva para o e-mail guedesbook@gmail.com e solicite preço e forma de pagamento.



O MASSACRE DOS INOCENTES – Rocket’s Blast Comicollector 85, 86 e 87 (1971). Numa época em que crossovers de personagens Marvel e DC não existiam, Brad Caslor produziu uma verdadeira obra-prima da fanedição americana. Caslor, que mais tarde trabalharia no ramo da animação, já esbanjava talento ao emular os estilos de Jack Kirby, Gene Colan, Gil Kane, Joe Kubert, Steve Ditko e Will Eisner entre outros. Um vilão misterioso começa a exterminar vários super-heróis famosos da Marvel e DC Comics, e ninguém parece capaz de detê-lo. Participações involuntárias de Capitão América, Batman, Superman, Homem-Aranha, Thor, Vingadores e Liga da Justiça entre muitos outros.

CUIDADO COM AS MÃOS DO CHINO! – Almanaque Meteoro 2 (julho de 2010). A reapresentação dessa HQ de 12 anos atrás, atende aos pedidos de inúmeros leitores que só conheceram Meteoro o ano passado, com o lançamento do Gibilândia Especial. A trama se passa logo após Roger ganhar seus superpoderes, e introduz seus primeiros vilões: Encapuzado, chefe do submundo, e Chino, mercenário e lutador marcial. Roteiro de Roberto Guedes, e arte da dupla Aluísio de Souza e Júlio Cesar Zvir – cujo currículo no ramo editorial inclui até a Image Comics. Detalhe: no AM 2, as páginas estavam com tons de cinza, mas aqui a reprodução foi feita a partir dos originais, o que permite apreciar todos os detalhes dos desenhos.


A ORIGEM DO CRUZADO – Rampage Magazine
41 (novembro de 1981). Criação e primeiro trabalho profissional do talentosíssimo Alan Davis, pela Marvel UK, a divisão britânica da Casa das Ideias. Uma ironia, talvez deboche, ao mito super-heroico. O final é absurdamente inusitado.

O HOMEM-ARANHA, OS CARAS E EU – Matéria com muitas reminiscências sobre meu período como editor e tradutor das revistas do Aranha. E ainda: bastidores do memorável encontro de Stan Lee com Mauricio de Sousa e Álvaro de Moya, em 1972; o quase lançamento de HQs brasileiras do Cabeça de Teia pelo estúdio do criador da Turma da Monica (isso mesmo!); e a ligação quase umbilical do roteirista Gerry Conway com o principal personagem da Marvel.


Gibilândia 18 - Guedes Manifesto Produções Editoriais - Editor-chefe: Roberto Guedes - Editor de Arte: Sandro Marcelo - Capa: John Romita Sr. (arte), Daniel Alves (Meteoro) e John Castelhano (cores) - Formato: 15 x 21 cm – 36 páginas

Comentários